O layout responsivo de websites com certeza mudou a maneira como os usuários de smartphones ou tablets navegavam e significou uma importante atualização na internet, tornando a experiência mais próxima e compatível com o mundo atual. Em uma das últimas pesquisas divulgadas sobre o assunto, realizada pela Nielsen IBOPE em 2015, só no Brasil já existiam 72,4 milhões de pessoas com acesso a smartphones, o que só prova mais uma vez a relevância dessa mudança. Nos últimos meses, porém, uma nova solução tem ganhado a atenção de muitos especialistas.

O AMP ou Accelerated Mobile Pages (Páginas Móveis Aceleradas, em tradução livre) é o mais recente recurso que promete melhorar ainda mais e dar um gás nessa atualização. Isso porque, apesar de resolver boa parte do problema, o layout responsivo ainda não soluciona a questão da velocidade de sites acessados via mobile. Se somarmos o longo tempo que uma página demora para carregar no smartphone ao já pouco e cada vez ainda menor tempo livre que as pessoas têm hoje em dia, temos uma grande incompatibilidade. É por isso, por exemplo, que na hora de analisar os dados de acesso de um site é comum que a taxa de rejeição seja alta quando se trata de um acesso por smartphone ou tablet, já que muitos usuários acabam desistindo antes mesmo de a página terminar de carregar.

Pensando nisso, o Google criou o AMP Project e reuniu diversos especialistas para formar uma solução nova. O projeto nada mais é do que “uma iniciativa de código aberto que incorpora a visão de editores podendo criar um conteúdo otimizado e ter isso carregado instantaneamente em qualquer lugar do mundo”. Em outras palavras, o AMP é uma ferramenta que faz com que os textos do seu blog ou veículo de notícias possam ser carregados instantaneamente para os usuários. Para entender melhor, o Google fez também um vídeo que explica a iniciativa. Assista abaixo, em inglês.


Decidimos fazer o teste aqui no blog da Webop este mês e nos surpreendemos com o resultado, que realmente cumpre o que promete! Se você buscar por um de nossos textos no Google, no navegador do celular, e clicar no link, essa é a visão que terá no exato mesmo segundo:

prints

O código do AMP Project está disponível no site oficial e também já é um dos recursos analisados pelo Google para o SEO, melhorando ainda mais o desempenho dos sites que já tem o AMP na busca orgânica. Na Webop, nós já estamos trabalhando com ele e aprimorando a experiência dos usuários com os sites dos nossos clientes. Gostaria de saber mais sobre? Entre em contato e descubra se essa é a solução certa para você!